Documents

E-Book - 2º AULA Curso de Aplicações Práticas da MQ E RH 2013

Description
Curso de Aplicações Práticas da Mecânica Quântica e Ressonância Harmônica 2013 Canalização: Prof. Hélio Couto e Osho 2ª Aula - “O que se pode conseguir com a Ressonância Harmônica” Prof. Hélio: Boa tarde a todos. Obrigado pela presença. Esta aula é o sobre o que se pode conseguir com a Ressonância Harmônica. Se tudo no Universo é atômico, tem um campo eletromagnético, que é energia e informação, a informação intrínseca daquilo está dentro desse campo magnético. Então, esta mesa (aponta a mesa)
Categories
Published
of 23
252
Categories
Published
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Similar Documents
Share
Transcript
     Curso de Aplicações Práticas da Mecânica Quântica e Ressonância Harmônica -2013Canalização: Prof. Hélio Couto e Osho2ª Aula - “O que se pode conseguir com a Ressonância Harmônica”   Prof. Hélio:Boa tarde a todos. Obrigado pela presença.Esta aula é o sobre o que se pode conseguir com a Ressonância Harmônica.Se tudo no Universo é atômico, tem um campo eletromagnético, que é energia einformação, a informação intrínseca daquilo está dentro desse campo magnético. Então,esta mesa ( aponta a mesa ) tem uma informação que está no campo eletromagnético damesa. O lírio ( aponta ao vaso com lírio ) tem a informação no campo eletromagnético dele.O livro tem a informação no seu campo eletromagnético. A pessoa tem sua informação noseu campo eletromagnético. O planeta, no campo dele; a galáxia, no dela, e assim por diante.Tudo tem um campo eletromagnético, porque tudo é atômico. Tudo é formado por átomos. E, onde há átomo, a informação está dentro do campo eletromagnético. Portanto,o que não seria possível fazer mexendo no campo eletromagnético, na informação queestá dentro dele? Não há o que não se possa fazer. Não existe nada mais poderoso, em termos de “mexer na   realidade” , do que mexer dentro da informação do campoeletromagnético. Essa informação é que criou este Universo. Quando este Universo foiemanado, porque não foi produzido por um Big Bang  , foi emanado  – para que seorganizasse dessa maneira, o que foi emanado? A informação dentro do campoeletromagnético de cada minúscula partícula.Cada quark  tem um campo dentro de si, com a sua informação. Cada campo Bósonde Higgs - que é um campo  – também tem sua informação dentro de si. Por isso que elese comporta, isto é, o Bóson de Higgs gera a massa no Universo, a matéria. Por que ele faz isso? “Do nada”, por geração espontânea? Não . Não existe nada que saia “do nada”; nada é nada. Para que as coisas se organizem desta maneira, tem que haver um campodirigindo a criação, como o campo morfogenético de Rupert Sheldrake. Todo ser vivo temum campo morfogenético em volta de si, que conduz o seu crescimento, desde a primeiracélula, lá no óvulo da mãe. Não tivesse esse campo, a célula não saberia o que fazer.Como é que ela, a célula, seria fígado, pulmão, pâncreas, ossos? Como criariacoluna, olhos? E em que hora ela tomaria essa decisão: “ Um vai para cá, outro vai para lá,para cima, para baixo ” , a multiplicação exponencial e todo mundo tomando seu lugar econstruindo todos os órgãos ao mesmo tempo, e cada um no seu lugar, e após novemeses o novo ser estaria pronto? E a humanidade acha que isso é a coisa mais banal domundo, nascer mais um, mais um, não é? Nascer pessoas é a coisa mais..., como sefosse... Nem se imagina o que o Criador precisou fazer de campo, de informação, para queaquela única célula virasse um ser humano, ou uma girafa, ou um elefante.E a Ciência ainda tem coragem de falar, que existe a “tal” da “evolução por mutação espontânea ” . Se fosse por mutação espontânea, não existiriam girafas no mundo. Como é  possível, por mutação espontânea, criar-se o pescoço da girafa, até que ele fique pronto?Toda mutação que não corresponde, não contribui para a perpetuação da espécie éeliminada. Ocorre uma mutação num ser, fica meio “capenga”, porque uma mutação, uma célula, um DNA , que “ mutou errado ” , o que faz com aquele ser? Ele está apto a enfrentar os predadores? Não. Aquele é o primeiro a ser comido, pois está, totalmente, fragilizado.Então, qualquer mutação que seja feita pode ser desastrosa. E é desastrosa. Até que elefique pronto, já foi. Como é que ele vai perpetuar sua espécie, para passar aquela mutaçãoà frente, se ele não sobrevive? Então, vocês podem, por um simples raciocínio, enxergar que, o que a História conta, a Ciência conta, é inacreditável.Mas, como a Ciência vende a ideia de que ela sabe tudo e explica tudo. A “lavagemcerebral” é perfeita; 100% passa-se a acreditar, em coisas absurdas, só porque um prêmioNobel disse. E quando o prêmio Nobel acerta, e passa a ter uma posição contrária, eleprova que tudo que está instalado está errado, e que ele descobriu como é que deve ser?E aí? Aí, esse prêmio Nobel é ignorado, completamente. Mas esse é o assunto da palestrado dia 4 de outubr  o, sobre “Suicidas Econômicos”. V ocês verão como esta humanidade écapaz de cometer suicídio econômico para ficar do jeito que está. Se você pegar asabotagem de uma pessoa e multiplicar por sete bilhões, terá o quê? Planeta Terra.Pegue uma pessoa que não estuda, não cresce, não evolui; não quer estudar, nãoquer crescer, não quer evoluir, e multiplique-o por duzentos milhões: você tem o Brasil.Multiplicando por sete bilhões, você tem o planeta Terra. E pode pegar qualquer país, emtodos acontece à mesma coisa, uns mais, outros menos, mas todos são tão sabotadoresquanto. Caso contrário, caso não fosse assim, um desses países estaria, milhões de anosà frente dos demais. Onde existe isso? Não existe. Tudo é a mesma coisa, não é? Umacidade, uma família; não há diferença. Por quê?Há pessoas que comentam que o Hélio está falando de Filosofia, Filosofia, Filosofia,não é? “ Em toda palestra ele fala de Filosofia. ” Depois que se chega a um ponto em que se deu a “receita do bolo” de tudo, o que se faz? É preciso subir um degrau e falar de Filosofia. Porque, se você dá a “receita do bolo”... Relacionamento afetivo, por exemplo, há o DVD “Amar     – A Bioquímica do Amor  ” –  com todo o protocolo definido. Que aconteceu? Nada. Nada. Então, precisava que aCiência descobrisse como se constrói um relacionamento, quais neurotransmissores sãonecessários para criar e manter  um relacionamento “pelo resto da vida”, como se fala, “até que a morte separe ”. Já está descoberto, totalmente elucidado : você age “assim”, cria oneurotransmissor “tal” ; você age “assado”, cria o   y  . Você não age, não cria etc. Está tudoneste DVD, e ainda citei a bibliografia que todos deveriam ler, que teoricamente, seria olivro mais vendido do planeta Terra, em todas as épocas, certo?Porque este planeta tem duas prioridades: ou é só ganhar dinheiro, que é o poder,ou é só relacionamento, certo? Então, esse livro deveria ter vendido três bilhões e meio deexemplares, pelo menos do lado das mulheres. Três bilhões e meio. Quantos venderam?Cinco mil? Dez mil? Ninguém sabe nem que existe.Plateia:Qual é?Prof. Hélio:Postei no meu blog  o livro, o autor, a editora. Doutora Helen Fisher. Elafez a mesma pesquisa que eu fiz e chegou à mesmíssima conclusão. Depois que eu tinha  feito a pesquisa  – ela fez paralelamente - depois que eu tinha chegado às conclusões,peguei o livro, olhei, e vi que ela conclui a mesma coisa que eu havia descoberto. Só queela teve acesso aos laboratórios para fazer as medições dos neurotransmissores, e eu nãotive. Mas, por dedução lógica, cheguei à mesma conclusão que ela. E a “receita do bolo” está lá. Mas, cadê o resultado prático? Resultado prático: zero. Zero.Por quê? Porque as pessoas se negam a aplicar o protocolo. Simples. Não é quefalte Ciência no mundo . “  Ah, ainda vamos ter que descobrir e, daqui a não sei quantos milhões de anos, aí a humanidade vai virar...” Não vai virar nada, porque o que precisa ser descoberto já foi descoberto. Então, está aí. E...? E nada.Toda vez que se atende, é a mesma coisa. “ Ele terminou. ”   “ Ele foi embora. ” Nãodeu certo com um, com dois, com três, com dezoito, com cento e cinquenta e seis, não é? “ Mas, agora, há o cento e cinquenta e nove. Com esse, eu acho que vai dar certo. ” F alo: “ Olhe, não é bem assim, hein? Se não seguir o protocolo, não vai dar nada. ”   “ Será quenão? Vai dar, sim. ” “ Então, está bem; vá. ” Passam-se três, quatro, cinco meses . “  Ah, nãodeu certo .” Isso, na área de relacionamentos. E dinheiro?Quantas palestras já foram feitas aqui sobre dinheiro, prosperidade? Quantas vezesa fórmula já foi dada para isso? N  vezes. E? O problema persiste: casa, carro,apartamento, Camaro , fazenda de cento e cinquenta mil cabeças de gado, e assim vai.Enquanto isso não for resolvido, nada mais anda. Nada. Como a pessoa poderá seiluminar, se está, ainda, no primeiro degrau de Maslow, procurando a casa, o carro, oapartamento? A Ressonância veio para a iluminação das pessoas. E...? Nem para casa, carro,apartamento está adiantando. Se a pessoa cria em milésimos de segundo  – quanto tempoleva para ter um pensamento? Um milésimo de segundo?  – e se um único pensamentocria a realidade, qual é o problema para criar casa, carro, apartamento? O problema estána consciência das pessoas, é lógico. Então, quando falamos em “sistema de crenças”, épreciso entender que, enquanto não mexer nisso, você continuará criando aquilo que temdentro do seu sistema de crenças: você acredita em  x, cria  x. Acredita em y, cria y  .Emanou carência, cria carência. É o óbvio. No rádio, se você colocou 94.7, escutará aCBN? Não, é a Antena 1, queira ou não queira. “ Então, eu fui lá e fiz ‘ não sei quantos ’  pedidos  – olhem os e-mails que eu recebo  – Ai, eu estou pedindo, pedindo, pedindo e Deus não me ouve.” Qual o tamanho da orelha de Deus?Plateia: ( Risos )Prof. Hélio:Não se sabe. No momento o que se vê, pelo telescópio, é noventa e trêsbilhões de anos-luz de distância. É o Universo observável, o que os terrestres conseguemver, para todos os lados. Assim, conta-se desde onde se enxerga de lá, até onde enxergaaqui, noventa e três bilhões de anos-luz. Pelo menos esse é o tamanho visível da orelhade Deus. E Ele não consegue escutar os pedidos da nossa amiga. Ela vai lá e pede mais,e pede e pede, reza e ora, reza e ora, reza e ora, e nada dele escutar.Muitos cansam e resolvem fazer uma “forcinha” p ara ver se o Todo se estimula afazer alguma coisa. Fazer um ne gócio com o Todo, uma troca: “ Vamos oferecer umascriancinhas, fazer uns sacrifícios humanos, derramar bastante sangue, para ver se o Todo fica satisfeito.” Nã o adiantou a história de Moloch, três, quatro, cinco mil anos atrás, não é?
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x