Documents

sérgio luiz - sempre há uma luz... a viagem de um roqueiro no além2

Description
Sempre há uma Luz Copyright © 2001 by Sérgio Luís Agradecimentos A Deus, a Jesus e à Espiritualidade (ou Espírito Santo), sem os quais nada é possível; Em especial, aos espíritos: Francisco e Luiz Sérgio, que assistiram Ruggeri Rubens nesta obra. Ao Editor José Carlos (e toda Equipe DPL). Ao Espírito Ruggeri pelas horas de intercâmbio. Com ele aprendi um pouco mais sobre amar. (Algum dia, quem sabe, caro amigo, o mundo passará a ser nosso!)... Às artistas Fátima Sena e Juliana Morosowiski, pelas
Categories
Published
of 101
10
Categories
Published
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Similar Documents
Share
Transcript
  Sempre há uma LuzCopyright © 2001 by Sérgio LuísAgradecimentosA Deus, a Jesus e à Espiritualidade (ou Espírito Santo), sem os quais nada épossível;Em especial, aos espíritos: Francisco e Luiz Sérgio, que assistiram RuggeriRubens nesta obra.Ao Editor José Carlos (e toda Equipe DPL).Ao Espírito Ruggeri pelas horas de intercâmbio. Com ele aprendi um poucomais sobre amar. (Algum dia, quem sabe, caroamigo, o mundo passará a ser nosso!)...Às artistas Fátima Sena e Juliana Morosowiski, pelas magnificas pinturas, cedidas gentilmente para esta obra.Do AutorAo leitor que nos prestigia e conosco, igualmente, haure energias para continuar a caminhada;A todos que direta ou indiretamente, têm contribuído na divulgação dos livros e da Doutrina Espírita.Deus é fantastico, nos permitindo conhecer as pessoas, não por estarem sobum pálio, mas por sua essência.Todos os direitos reservados pela: DPL - EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS LTDA.Rua Cinco de Julho, 59 - São Paulo - SPCep. o4281-ooo Fone/Fax: (11) 5o61-8955Endereço para correspondência:Caixa Postal 42467 - CEP o42 18-97o - SPInternet: www.dpl.com.br. E-mail: dpl@dpl.com.brPalavras aos MédiunsO Apóstolo João, na Epístola, Cap. 4, 2-3, nos adverte que não devemos acreditar em todos os espíritos, perscrutando se vêm de Deus.O que se pode deduzir logicamente de tal assertiva?Primeiro, que existem Espíritos! Segundo, que eles sempre nos trazem algu  ma mensagem, notícia ou revelação, manifestando-se independente de local,pessoa, classesocial ou crença religiosa. Terceiro, não se pode tomar a mensagem apostolarao pé-da-letra, pois na verdade, todos os espíritos vêm de Deus! . .sejam eles superioresou inferiores. Somos filhos de um mesmo Pai, criados simples e ignorantes, logo, todos viemos de Deus. Quarto, alguns deles podem estar eivados deembuste, maledicênciae aparente bondade, nada produzindo de bom, razão pela qual o Apóstolo nosadvertiu contra esses, em particular.Como médiuns e por dever Cristão de caridade, no mínimo, devemos recebe-los, ouvi-los e, se necessário for, tentar reencaminhá -lo na senda da compreensão de suasreais situações, com preces e esclarecimentos. (E não é isso que se faz nasreuniões mediúnicas sérias?)Sempre eles nos trazem alguma coisa a ser aprendida, seja quando retratama pureza angélica, seja quando mostram aberta e honestamente, como chegaram até esse graude entendimento e evolução.Aqueles que não partilham desse entendimento, no mínimo, deveriam rever suas posições ao julgar uma mensagem, pois a todo instante o Cristo nos tem concitado a exercitarmoso perdão, misericórdia e a piedade, como forma de elevação.Há, decerto, os que só desejam palavras de rara beleza dos bons Espíritos.Mas os Espíritos sofredores têm muito o que nos ensinar, sim! Nos mostramque foram aocampo de batalha da vida e, por erros ou ignorância, desceram aos tormentos conscienciais. Como nada é absoluto (Só o Creador), por misericórdia, enfim, conseguiramdivisar algum dia, um pouco do sol que nasce para todos... e só não enxerga quem não quer! E isso não é maravilhoso? Sinal de que nenhuma ovelha doPai se perderá...!Está lá no Cap. 28: seria injusto colocar os sofredores e arrependidos na categoria dos maus espíritos. Podem alguns ter sido maus, mas a partir do momento em quereconhecem suas faltas e as lamentam; são apenas infelizes, alguns até mesmo começam a gozar de uma felicidade relativa. (E.S.E*)Quem poderá contradizer que a Doutrina Espírita, principalmente, o próprioEvangelho Segundo o Espiritismo e O Céu e o Inferno, não tiveram a participação de espíritossofredores? Confiramos, nesse último compêndio... nada menos que 3 a 4 capítulos com depoimentos dessa classe de Espíritos, de riquíssimo valor mo  ral, pois que visama nos alertar a não cometer os mesmos erros.A mediunidade não implica necessariamente relações habituais com EspíritosSuperiores; é simples aptidão para servir de instrumento mais ou menos útil aos Espíritosem geral. E o bom médium não é aquele que se comunica facilmente, mas aquele que é simpático aos bons Espíritos (Cap. 24 os bons não tem necessidade de médicosE.S.E)Ruggeri Rubens é um pseudônimo, similar aos de André Luiz, Irmão X, Emmanuel e tantos outros. Os Espíritos têm pudor de suas obras, palavras dobondoso Espíritode São Vicente de Paula (Paris, 1858 E.S.E, Cap. 13).Se essa entidade tivesse se revelado como a celebridade musical que o marcou por duas décadas (cuja obra continuará a ser apreciada ao longo dos anos vindouros);se houvesse trazido ao leitor sistemas absurdos e imponderáveis; se houvesse mesmo abjurado o Pai, Jesus e a Espiritualidade; se não corroborasse com as informa-ções que temos visto, ouvido e lido acerca do que nos aguardam no pós-vida,eu mesmo diria, com convicção, que este livro seria uma falácia grosseira.Todavia, o leitor (em maioria) tem provado o contrário! Tanto que nos permitiu chegar a uma 2 edição. Recebemos inúmeras cartas/e-mails, onde as pessoas que leramesta obra afirmam que encontraram no contexto redenção, misericórdia, esperança, caridade, fé... luz.Gostaria de reiterar o brado que expressei na 1a edição, não como forma de esvaziar os bancos das salas de cursos mediúnicos, pois quem não conhece a mediunidade,precisa conhecê-la. Mas que não se dê maior valor ao academismo, onde aspessoas se tornam vazias mesmo aprendendo, estimulando em maior grau ainteligência. Epreciso lembrar que os principais objetivos a serem atingidos são: caridade, disciplina e amor, e somente os conquistaremos com o labor ativo no bem.Portanto, deixamos os quartos de estudo, não significa abandoná-los, pois o próprio Kardec nos disse: ... instruí-vos, mas antes, ressaltou com propriedade: Espíritas,amai-vos.., caindo no mundo semeando todo o bem que pudermos, pois é lá queestá o infortúnio, dor, miséria., lá é que está o mal a ser curado, que éa ignorância!  E deixamos que os sãos, que não precisam de médico, continuem a sonhar com dias melhores.Que ninguém se iluda! Jamais seremos bons, fortes e renovados se não tomarmos o arado e a charrua evangélica para arar.Os que têm suas qualidades, habilidades e inteligência, que as utilizem emqualquer ramo de atividades que exerçam... contanto que ajam!A Espiritualidade espera que cada um se predisponha. Eis o alerta incessante.Sinceramente.Sérgio LuísSumárioPrefácio 13O fim, foi por onde comecei 17O livro dos meus dias 23A Estação dos Jasmins 29No reino underground 39O teatro de marionetes 45Algo me dizia: se entregar era uma covardia! 55E quando tudo parecia perdido 65O passado ensinando o presente 83A dor maior: não saber sentí-la! 91Renascido das cinzas 1o1De volta ao império 111As nossas vidas serão para sempre 119O caminho? Só há um 131O amor.., você e algo mais 137PrefácioMeus queridos amigos, que as bênçãos do Todo-Poderoso recaiam sobre vós,ora viajores dessa astronave chamada Terra, construída por mercê e bondade dO Justo, paraconduzir-nos ao paraíso da renovação prometida.Feliz, por estar mais uma vez agindo em prol dos desígnios dAquele que nossupre as necessidades, eis que me regozijo pelo labor desinteressado, servindo-vos aolado do prestimoso companheiro Francisco, em auxílio a tão querida alma,com quem pude compartilhar amizade terrena, outrora.Trata-se de Ruggeri Rubens, pseudônimo que preferiu adotar esse amigo, d
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x