Slides

A cibercultura e o construtivismo pós-piagetiano na educação

Description
1. Fernanda Valentim de Sousa Curso de Novas Tecnologias no Ensino de Matemática Volta Redonda 2016 2.  A pedagogia tem como objetivo ocupar-se das tarefas de…
Categories
Published
of 20
7
Categories
Published
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Similar Documents
Share
Transcript
  • 1. Fernanda Valentim de Sousa Curso de Novas Tecnologias no Ensino de Matemática Volta Redonda 2016
  • 2.  A pedagogia tem como objetivo ocupar-se das tarefas de formação humana tendo como objeto a educação.  Vivemos uma realidade em constante mudança, num mundo que é ao mesmo tempo homogêneo e heterogêneo, num processo de globalização e individualização.
  • 3.  Essa realidade atual afeta os sentidos e significados de grupos e indivíduos, criando múltiplas culturas, múltiplas relações, múltiplos sujeitos.  Com o objetivo de promover o desenvolvimento e aprendizagem dos sujeitos inseridos em contextos socioculturais e institucionais concretos, faz-se necessário que os professores façam opções pedagógicas coerentes.
  • 4.  Segundo Libâneo, “a pedagogia quer compreender como fatores socioculturais e institucionais atuam nos processos de transformação dos sujeitos mas, também, em que condições esses sujeitos aprendem melhor.”  A tarefa crucial dos educadores e pesquisadores educacionais está em investigar os processos educacionais admitindo que ele é multifacetado, complexo e relacional.
  • 5.  Lema: “ensinar tudo a todos.”(Comênio 1657)  Ligadas às Reforma Protestante, Iluminismo, Revolução Francesa, formação dos Estados Nacionais, Industrialização.  Estudiosos: Pestalozzi, Kant, Herbart, Froebel, Durkheim, Dewey.
  • 6.  Herança negativa: em nome da razão e da ciência se abafa o sentimento, a imaginação, a subjetividade e até a liberdade.  A razão institui-se como instrumento de dominação sobre os seres humanos.  A sociedade reproduz a fragmentação dos campos disciplinares dissociando a cultura, a economia, a política, o sistema de valores, a personalidade.
  • 7.  Características:  Mudanças no processo de produção industrial, avanços científicos e tecnológicos, intelectualizarão do processo produtivo;  Novas tecnologias da comunicação e informação, ampliação e difusão da informação;  Novas formas de produção, circulação e consumo da cultura;  Mudanças na política e nos paradigmas do conhecimento;  Rejeição dos grandes sistemas teóricos de referência.
  • 8. Correntes Modalidades 1. Racional-tecnológica Ensino de excelência Ensino tecnológico 2. Neocognitivistas Construtivismo pós-piagetiano Ciências cognitivas 3. Sociocríticas Sociologia crítica do currículo Teoria histórico-cultural Teoria sócio-cultural Teoria sócio-cognitiva Teoria da ação comunicativa 4. Holísticas Holismo Teoria da complexidade Teoria naturalista do conhecimento Ecopedagogia Conhecimento em rede 5. Pós-Modernas Pós-estruturalismo Neo-pragmatismo
  • 9. Correntes que introduzem novos aportes ao estudo da aprendizagem, do desenvolvimento, da cognição e da inteligência.
  • 10. O construtivismo se baseia na ideia de que nada, a rigor, está pronto, acabado, e de que o conhecimento não é dado como algo terminado. Ele se constitui:  pela interação do indivíduo com o meio físico e social;  com o simbolismo humano;  com o mundo das relações sociais;  por força de sua ação. antes da ação não há psiquismo, nem consciência, nem pensamento. (Becker, 1993. p.88)
  • 11.  Características:  Fundamenta-se no iluminismo;  Introduz o fato de que o uso da razão não é transmitido geneticamente, mas uma potencialidade que precisa ser desenvolvida.  Estudiosos: Piaget (precursor), Wallon, Vigostsky, Leontiev, Luria e Ferreiro.
  • 12.  Teórico mais importante do construtivismo, possui uma obra vasta mesmo após muitos anos de sua morte.  Pressupostos básicos da sua obra: interacionismo e construtivismo sequencial.  Segundo Piaget, “o desenvolvimento resulta de combinações entre aquilo que o organismo traz e as circunstâncias oferecidas pelo meio.”
  • 13. O papel do professor:  o professor é o mediador do processo de aprendizagem da criança, isto é, é ele quem vai propiciar a interação entre os alunos, e entre ele e seus alunos.  O professor não é mais o centro do ensino e da aprendizagem.
  • 14.  Teoria em que a aprendizagem humana é o resultado de uma construção mental realizada pelos sujeitos com base na sua ação sobre o mundo e na interação com os outros.  Conflito sócio-cognitivo que surge em situações de interação, nas quais estão envolvidas experiências sociais e culturais que intervêm nas aprendizagens.
  • 15. A cibercultura é a relação entre as tecnologias de comunicação, informação e a cultura, emergentes a partir da convergência informatização/telecomunicação na década de 1970. Trata-se de uma nova relação entre tecnologias e a sociabilidade, configurando a cultura contemporânea (Lemos, 2002).
  • 16.  Cibercultura é a cultura contemporânea marcada pelo uso constante das tecnologias digitais.  Ciberespaço é um espaço de comunicação que descarta a necessidade do homem físico para constituir a comunicação como fonte de relacionamento.
  • 17.  Características:  Relação de trocas entre a sociedade, a cultura e as novas tecnologias de base microeletrônicas graças à convergência das telecomunicações com a informática;  Agenciamentos sociais das comunidades no espaço eletrônico virtual;  Possibilidade de uma maior aproximação entre as pessoas de todo o mundo.
  • 18.  A cibercultura pode diminuir as distâncias entre as pessoas, possibilitando trocas de experiência e conhecimento.  A educação vem passando por um período de transformações e construções através da inserção das novas tecnologias no seu terreno, que buscam beneficiar o processo de aprendizagem. Como exemplo, a educação a distância (EaD), que se baseia na possibilidade de organização da vida das pessoas, propiciando uma relação harmoniosa entre trabalho, atividades domésticas, o lazer e os estudos, o que se torna cada vez mais necessário mediante a evolução e necessidade de tempo no mundo moderno.
  • 19.  Segundo a escola construtivista o conhecimento ocorre através da interação do indivíduo com o meio físico e social.  O aluno não depende do professor como única fonte de conhecimento. A cibercultura facilita a interação entre os indivíduos propiciando uma construção coletiva de conhecimento através dos diversos meios de comunicação eletrônicos.
  • 20.  LEÃO, D. M. M. Paradigmas Contemporâneos de Educação: Escola Tradicional e Escola Construtivista. Cadernos de Pesquisa, nº 107, p. 187-206, 1999.  LIBÂNEO, J. C. As Teorias Pedagógicas Modernas Ressignificadas Pelo Debate Contemporâneo na Educação, 2005.
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks
    SAVE OUR EARTH

    We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

    More details...

    Sign Now!

    We are very appreciated for your Prompt Action!

    x